• CRIANDO E ATRAINDO A FORÇA DE TRABALHO DO FUTURO

    Disponibilização de treinamento e capacitação das futuras gerações

    • The global technology industry needs more talent. According to research by Korn Ferry, by 2030, the skilled labor shortage in tech could grow to 4.3 million workers. To serve tomorrow’s customers well, we need more students studying STEM (science, technology, engineering and math) today — students of all genders and backgrounds. We can’t fill our talent pipeline without closing the diversity gap.

      As the composition of the workforce changes, companies embracing diversity and inclusion are experiencing greater innovation, productivity, engagement and employee satisfaction — along with better business performance. This coincides with a tremendous shift in buying power that mirrors changes in the workforce: women and underrepresented minorities have more economic influence than ever.

    • Future Workforce

    • Technology is a powerful tool for breaking down barriers and creating new possibilities for our younger generations around the world. Our youth learning initiatives connect Dell’s technology and expertise with those in underserved communities who need it most.

    •  

      Girls Who Code

      Girls Who Code gives girls more access to opportunities in computer science. This safe and supportive environment of peers and role models helps them envision a future as computer scientists.

    •  

      Solar Labs

      In many parts of the world, electricity is one of the biggest barriers for students accessing technology and all it has to offer. We’ve partnered with Computer Aid to use our technology and their international development and educational expertise to address this challenge by building Solar-Powered Learning Labs where students and communities gain access to technology. For these students, access to these Labs could change the trajectory of their lives and generations of lives after them.


    •  

      Preparing diverse college students for STEM careers

      University students represent an excellent source of diverse talent, so it’s vital that underrepresented students of all ethnicities and backgrounds are aware of STEM career opportunities and have the skills needed to pursue those opportunities. That’s why we’re investing in programs that reach a wide array of students, from engineering undergraduates at historically Black colleges and universities and other minority serving institutions to non-STEM graduates looking for a new career path.


    •  

      Supporting diverse talent to enter or re-enter the workforce

      Careers don't always follow a linear path, which is why retention is so critical. Statistically, women leave the technology industry at a 45% higher rate than men, according to the Center for Talent Innovation. This could be for many reasons, including starting a family, caring for a family member or going back to school. We not only welcome professionals back after taking time off, we also provide a comprehensive workforce reentry program to help them pick up where they left off.

    • Saiba mais sobre o nosso progresso

    •  

      Relatório de inclusão e diversidade de 2020

      Descubra como estamos criando uma força de trabalho inclusiva e que representa os clientes diversificados e globais que atendemos.

    •  

      Não é o que nós fazemos, é quem somos.

      Ouça a opinião de alguns dos membros da nossa equipe global sobre como estamos garantindo que a Dell Technologies seja composta pelos talentos mais excepcionais, independentemente de gênero, etnia, orientação sexual ou origem.

    • O setor de tecnologia global precisa de mais talento. De acordo com uma pesquisa da Korn Ferry, até 2030, a escassez de mão de obra capacitada na área de tecnologia pode aumentar para 4,3 milhões de trabalhadores. Para atender bem aos clientes do futuro, precisamos de mais alunos estudando STEM (ciência, tecnologia, engenharia e matemática) hoje – alunos de todos os gêneros e origens. Não podemos preencher nosso pipeline de talentos sem resolver a falta de diversidade.

      À medida que a composição da força de trabalho muda, as empresas que adotam a diversidade e a inclusão apresentam maior inovação, produtividade, envolvimento e satisfação dos funcionários – além de um desempenho melhor nos negócios. Isso coincide com uma enorme mudança no poder de compra, que espelha as mudanças na força de trabalho: as mulheres e as minorias sub-representadas têm mais influência econômica que nunca.

    • Força de trabalho do futuro

    • A tecnologia é uma ferramenta poderosa para romper barreiras e criar novas possibilidades para as novas gerações de todo o mundo. Nossas iniciativas de aprendizado de jovens conectam a tecnologia e a experiência da Dell com as comunidades carentes que mais precisam delas.

    •  

      Girls Who Code

      O programa Girls Who Code permite que as meninas tenham mais acesso a oportunidades na área de ciência da computação. Esse ambiente seguro e acolhedor entre colegas e fontes de inspiração ajudam as meninas a se imaginarem como cientistas da computação.

    •  

      Laboratórios solares

      Em muitas partes do mundo, a eletricidade é uma das maiores barreiras para os alunos acessarem a tecnologia e tudo o que ela tem a oferecer. Fizemos uma parceria com a Computer Aid para usar nossa tecnologia e a experiência deles em educação e desenvolvimento internacional para lidar com esse desafio criando laboratórios de aprendizado com energia solar, em que os alunos e as comunidades conseguem ter acesso à tecnologia. Para esses alunos, o acesso a esses laboratórios pode mudar a trajetória de suas vidas e das gerações futuras.


    •  

      Preparação de universitários de grupos diversos para carreiras STEM

      Os estudantes universitários são uma excelente fonte de diversidade de talentos, portanto, é essencial que os alunos sub-representados de todas as etnias e origens conheçam as oportunidades de carreira nas áreas de STEM e tenham as habilidades necessárias para buscar essas oportunidades. É por isso que investimos em programas que alcançam uma ampla variedade de alunos, de estudantes de engenharia em faculdades e universidades historicamente voltadas ao público negro e outras instituições que atendem a minorias a pessoas formadas em outras áreas e que estão buscando uma nova carreira.


    •  

      Suporte para a entrada ou reinserção de talentos diversos no mercado de trabalho

      As carreiras nem sempre seguem um caminho linear, e é por isso que a retenção é um fator tão crítico. Estatisticamente, as mulheres deixam o setor de tecnologia a uma taxa de 45% mais alta do que os homens, de acordo com o Center for Talent Innovation. Esse fenômeno pode ter muitos motivos, entre eles, iniciar uma família, cuidar de um membro da família ou retomar os estudos. Além de receber profissionais de volta depois de um período de licença, também oferecemos um programa abrangente de reinserção da força de trabalho para ajudá-los a retomar de onde pararam.